No VIII Fórum Manaus Seguros, Sincor AM/RR celebra 30 anos de sua fundação e inaugura sede nova

Teve início, na tarde de 13/06, o VIII Fórum Manaus Seguros, organizado pelo Sincor AM/RR. Jair Fernandes, presidente da entidade, abriu os trabalhos destacando que o tema “Seguros uma nova era” nos remete obviamente aos avanços da tecnologia e suas aplicações no mercado segurador.
Disse Jair: “Antigamente, o conhecimento era privilégio dos reis e seus asseclas mais próximos. Hoje, com a universalização do acesso à internet, essa mesma informação esta disponível para todos, em qualquer parte do mundo. A pergunta é: como estamos utilizando essa gama de dados? Como os nossos clientes estão se servindo dessas ferramentas para alcançar a informação correta sobre o seguro que procura? É aí que entra a presença indispensável de intermediação do corretor de seguros”.

O presidente do Sincor AM/RR, revivendo os 30 anos de fundação do Sindicato, destacou os momentos de dificuldade e de vitórias das gestões anteriores. “Hoje os sindicatos enfrentam tempos difíceis com o fim da Contribuição Sindical e do Convênio DPVAT. A boa notícia é que, finalmente, com o apoio da Fenacor, conseguimos adquirir a sede nova do Sincor AM/RR. Agora temos uma sólida estrutura física e operacional para gerir a entidade de forma sustentável, e seguir com a luta em defesa da classe”, concluiu Jair Fernandes.

Armando Vergilio, presidente da Fenacor, lembrou da persistência de Jair e sua diretoria para conseguir o apoio da Federação na compra da sede nova. “Água mole em pedra dura tanto bate até que fura”, brincou o presidente da Fenacor enaltecendo o esforço de todos. “Feliz por estar aqui nesse dia tão importante para a história do Sincor AM/RR. O imóvel antigo era realmente muito acanhado para a grandeza desta diretoria, que foi decisiva ao lado dos demais Sincors na luta pela inclusão do corretor de seguros na Tabela 3 do Simples Nacional.”

Armando Vergilio reforça que a classe, via Sincors, tem um novo desafio pela frente – o combate ao mercado marginal de proteção veicular. “Na última reunião da Fenacor, mês passado, em Uberlândia, todos os Sincors assumiram para si a responsabilidade de denunciar as associações nas diversas instâncias – Ministério Público, Procons, Secretarias de Fazenda Estaduais e Policia Federal. Nós vamos virar esse jogo, mas precisamos do mínimo – o apoio da classe – denunciando, participando dos eventos, levando para os sincors suas dúvidas e inquietações profissionais.”

A primeira palestra da tarde “Tecnologia e Inovação”, ministrada por Mauricio Tadeu (Sindseg N/NE) tratou das oportunidades de negócios que a Amazônia oferece, mostrando uma série de dados como número de automóveis seguráveis, número de residências e empresas sem seguros, e a distância que esses dados tem dos prêmios apurados.

Marcelo Viot, professor da Escola Nacional de Seguros, discutiu a Reforma de Previdência e como o mercado de seguros pode se apropriar desse momento para comercializar a previdência complementar. Uma verdadeira aula sobre o assunto. Para fechar com chave de ouro o VIII Fórum Manaus Seguros, Alfredo Menezes, presidente da Suframa, deu um show de competência ao detalhar as novas diretrizes da Zona Franca de Manaus. “Em 2050 seremos uma nova Dubai no meio da floresta. Anotem aí!”

Marcaram presença no evento os presidentes Auri Bertelli (Sincor SC), Cristovão Martins (Sincor MT), José Luiz de Souza (Sincor RO/AC), Paul Douglas Canarin (Sindseg N/NE), Rosiane Rocha (ENS), além de executivos das principais seguradoras da Região.

Ao final dos trabalhos, foi servido um coquetel seguido de show da cantora Elen Fernandes para comemorar os 30 anos de fundação do Sincor AM/RR. Os ex-presidentes foram homenageados com placas comemorativas e os já falecidos foram representados por familiares. Jair Fernandes aproveitou a ocasião para anunciar em primeira mão: “O Congresso Norte de Corretores de Seguros, que acontecerá no ano que vem, será aqui, em Manaus. Aguardem!”

 

Fonte: Sérgio Carvalho – JNS